Pimba das Mulheres

Eu aprendi a dançar nos bailes da aldeia com os meus primos. As bandas tocavam de tudo, até porque Monção é uma cidade “bem do progressista”, com toda a música que passa em Espanha (de qualidade) a chegar antes de chegar ao resto de Portugal.
Mas claro, também passava o Pimba (que na altura nem era Pimba ainda mas música ligeira portuguesa, ou música pirosa como dizia do alto da minha adolescência!)
E como dizem os meus primos, aprendi a dançar “a varrer”, que é como quem diz, eu e a minha prima, bracinhos esticados pra cima e pra baixo sem praticamente sair do sítio! Saudadinhas Prima Cátia? Melhor só quando a Mané nos pagava um tango (cerveja com groselha) p’ras duas a meias!
Eu curtia tanto quando a minha Mãe me deixava ficar em Monção na Senhora das Dores…
Enfim, adiante, o certo é que, mesmo gostando de boa música, ainda hoje quando estou muuuito bem disposta e com BONS amigos, aqueles mesmo mesmo fixes, numa noite de copos, curto umas pimbalhadas bem dispostas e danço, e abano o rabinho, e danço mais com a malta e ai de quem me tire da pista de baile! Pior só se me tirarem a jola das mãos! É estalo certo!
Esta é a minha vertente mais animada caramba, e sim, gosto, e não sei as letras mas com pena, e um dia hei-de ir a um concerto do Toni Carreira só por causa do ambiente que deve ser o máximo!
E quem disser que não curte um bom bailarico de vez em quando: é hipócrita!!!
Bora dançar malta, que hoje é sexta!

7 comments:

  1. Então bora lá dançar. Também aprendi em miúda. Dançava com o meu pai e com os meus tios.
    A familia do meu pai, são conhecidos por serem muito bons dançarinos. Eu adoro dançar e sem falsas modéstias acho que saí a eles. A dança é do melhor que há, Faz bem a tudo. Ao corpo e ao espírito. Um beijinho e bom fim de semana.

  2. Quem me conhece bem, sabe que eu gosto. Cheguei a ter uma cassete só de música fixe, com a qual improvisei vários bailaricos, ainda hoje memoráveis. 🙂 Infelizmente, já lá vai muito tempo.

  3. E tão a ver como afinal há muita gente que gosta de dançar e dos "bailhos"? :))

    Rafa, andas a passar "bué da tempo" a ver jornais italianos, va, toca a habituar-te aos tugoleses!

Responder a maria teresa Cancelar resposta