Agora é que vai fôr!

Comprei um iphone em mega desconto através da minha empresa e estou um bocadinho histérica com o brinquedo novo.
Foi a única coisa que me animou hoje antes de levar shots de vitamina D amanhã.
Além disso estou na constante esperança que a Polícia não tenha conseguido preencher lá o sistema com o processo da falta da carta de condução e ando a pôr velas com fartura ao meu rico Santo António.
Eu sou tão “boa pessoínha” (como dizia um senhor amigo do meu Pai), faço tanto bem aos outros, eu mereço safar-me, o meu bom karma e luzinha tem que andar por aí. Também aceito muito as vossas velinhas, rezas aos vossos santos, e cunhas dos ateus a quem quiserem e da forma que quiserem, o que interessa é eu não ficar sem carta e tesa. E se foi pra me safar desta que me roubaram os documentos em Bali, prometo que até vou pedir ao Universo que conceda longevidade e saúde ao safado do ladrão. JURO.
Last, but not the least, vou postar uma dica maravilhosa que me deixaram ali nos comments e que me vai poupar um dinheirão com TODA a certeza em bilhetes de avião. (Pedro, sejas tu quem fores, o meu mais sentido OBRIGADA).
Ora Emigrantes, Expatriatos e caros amigos, bloggers e anónimos com família no “istrangeiro”, funciona assim:

Um casal amigo, em que um deles está na Bélgica, costuma comprar as viagens alternando as datas, isto é, comprava a viagem de ida da primeira viagem, mas em vez de comprar juntamente com essa, a viagem de regresso dessa viagem, comprava o regresso da segunda viagem. A viagem de regresso da segunda viagem comprava com a data de ida da segunda viagem. Vantagem: como as datas eram mais espaçadas entre si, as viagens costumavam ser bem mais baratas. (espero ter-me feito entender, é uma questão de experimentar).

Deixa lá ver se eu entendi:
– comprava um bilhete para ir de BE pra PT no dia 20 de julho e com regresso de PT 30 de Setembro.
– comprava outro bilhete para vir de PT pra BE no dia 24 de julho e com regresso de BE pra PT a 25 de Agosto.

Ou seja, ele fazia sempre as idas, logo não lhe anulavam o bilhete e obviamente conseguia preços baratíssimos com a giga joga! Mas que ideia brilhante!! Olha que vou experimentar mesmo!! Muitíssimo obrigada!!

12 comments:

  1. O iphone não é lá essas coisas… mas eu tb não uso o telemóvel para quase nada. nem para ir à net. sou uma básica.
    Bilhetes cruzados dão imenso jeito, principalmente para Paris e destinos com "pacotes" de agencias de viagem. Há sítios onde nos "obrigam" a ficar pelo menos o fim de semana. Uma treta.
    Mas por causa destas brincadeiras há no shows, estatísticas que dão para o torto e overbookings… e não convém esquecer que o DBC. denied board compensation deve ser exigido se não vos aceitarem num voo onde estavam confirmados (eu sei que a maioria das pessoas que voa regularmente como tu sabe, mas fico sempre surpreendida como há gente que não conhece os seus direitos)
    beijicas

  2. Opah que ideia brilhante! E logo hoje comprei o bilhete para o Natal Bruxelas-Lisboa por 300euros… Depois do teu post sobre viagens/falta de sol (eu tenho um novo passatempo: na caminhada para o trabalho conto as pessoas que vejo de gorro, so' hoje foram 3!) decidi que no inicio de Janeiro vou comprar tudo o que e' viagem e fazer exactamente essas idas-vindas alternadas.

  3. Estes bilhetes são os chamados bilhetes cruzados. Há que fazer sempre a primeira rota para evitar o cancelamento de toda a viagem. Exige planeamento mas acho que compensa e muito esse esforço.
    Boa sorte!
    Vera

Deixar uma resposta