Uma petit perguntinha…

… sou só eu que quando venho a casa é logo o fim do mundo em cuecas e saem logo 3 discussões com a Mãe, mais duas com o Pai, e não noto bem a diferença entre o Natal e o resto do ano?
Sou eu a única que não está cheia de amor e sentimentos fofinhos assim que bate os olhinhos nos ornamentos natalícios?
Será que só eu é que ainda não comprei prenda nenhuma e 48 horas antes não faço pálida ideia do que vou dar ao Pai, à Mãe ou ao Irmão?
Sou eu a única incapaz de fazer algo artesanal e mimoso para oferecer aos tios, primos e amigos como compotas, bolachas e afins?
Será que só eu é que faço solidariedade todos os dias do ano excepto no Natal?
Sou eu a única a pensar que pro ano faço à Americana e passo o Natal com amigos em vez de aturar a família toda que cada vez há menos paciência?
Será que só eu é que me passo quando chego a casa e tenho um monte de rotinas estabelecidas que não me incluem, e não gosto? Para não falar que me incluem nas de que não gosto.
Sou eu a única que tem os Pais cada vez mais marretas e mais difíceis e com cada vez menos saúde e mobilidade? 
Será que só eu é que tenho uma Mãe que me trata como se eu tivesse 15 anos aos 35?
Sou eu a única?
Era só pra saber, porque há dias em que me sinto uma alien, a sério.

14 comments:

  1. Como eu te compreendo…cheguei no Sábado, e tive stresses ate ontem…espero que tenham acabado!! Respira fundo! Beijos aqui das duas, Mariana & Clarinha!

  2. Não, não és a única. Principalmente quando falas da falta de jeito para as prendas personalidades. quanto às confusões,não te esqueças que as vossas rotinas são diferentes e chocam. Eu sei bem o que isso é. Respira fundo e tira duas horas para ti, para ires curtir algo de que gostes muito. um lugar especial, um amigo especial, qq coisa, assim na base do egoísmo,faz qualquer coisa que até nem planeavas fazer mas que fazes para ti. comigo resulta, pelo menos.
    (ah, prendas todas compradas. estou orgulhosa . e completamente acabada.)
    beijocas

  3. Acho que não estás sozinha, só menos habituada do que quem leva com os filmes família, pelo menos, todos os fins-de-semana. Eu, às vezes, nem acredito na sorte que tenho – é que a minha família não me chaga a paciência quase nada, mas é só ver o pessoal à minha volta a queixar-se. Boas Festas!

  4. Este ano não vou à terra pelo Natal. É um Natal egoísta para mim. Quase sem família, sem stresses, quase sem prendas (não há dinheiro, não há as prendas do costume. Só algumas lembranças para os mais pequeninos). Na noite de 24 ainda janto com os sogros mas o dia 25 é TOTALMENTE para mim, só nós dois com os 3 cães e os 2 gatos. Sim, já é assim quase todos os dias mas é como eu quero este ano. Quentinho e sossego.

  5. Jibóia, é raríssimo os homens terem problemas dos outros assim assim 🙂

    Goldie, tens sorte 🙂

    Draco, entendo-te perfeitamente embora eu confesso que goste da confusao de primos e tios no dia 25, mas bem podia ser noutro dia qualquer, eu gostava era que se juntassem por gosto e nao pq tem que ser que é data e hora.
    Bom Natal para vocês e para os bichanos todos (fazes-me concorrência!)

  6. Por mim estás sola, desde que saí de casa de papais que já não há filmes desses: vou lá jantar e depois ala para casinha, doce casinha.
    Já tenho tudo comprado, mas só terminei ontem 😉

  7. Ora aí está, bateste na mouche: é que eu já saí de casa dos meus Pais há uns… deixa ver… pois, 12 anos? Exacto. Só que na condição de emigrante não tenho hipótese de me raspar pra minha casa depois do jantar, cappice?

Responder a Luna Cancelar resposta