Amor, paixão ou “enfatuação”? Talvez apenas efabulação?

http://observador.pt/2015/01/15/quer-apaixonar-se-faca-estas-36-questoes/

Poderá um questionário fazer-nos apaixonar por outrém?
Quando conheço uma pessoa, uma das primeiras perguntas que faço (depois de nome, idade) é: o que é que te faz feliz?
Isso trouxe-me muitas e boas amizades, se calhar se seguir este questionário ainda arranjo mas é um marido, que medo.
O que acham? Li isto e achei-lhe um piadão, estive a pensar… e se eu publicar estas respostas todas aqui no blog, quantos apaixonados ganharei eu?

4 comments:

Deixar uma resposta