Wake up call

Ontem ia mandar um email a um colega do UK e diz-me a minha colega: olha que ele morreu.

Como?!
Sim, há dois meses atrás, morreu em frente ao computador, às duas da manhã, de ataque cardíaco, enquanto trabalhava. Foi encontrado morto pela manhã.
Porra, que estupidez. Que desperdício morrer nestas circunstâncias, o senhor tinha 52 anos. Morreu a trabalhar, que cena macabra, e estúpida, realmente muito estúpida.
Porquê? Pra quê? Pra responder a mais um email?
Call it a wake up call!
Não me apanham nessa de certeza absoluta, nunca mais trabalho até tarde, e muito menos descuro o tempo que tenho com amigos e família.
Descansa em paz David.

2 comments:

Deixar uma resposta