O Projecto Transformers precisa de gente

Projecto Transformers é um programa de voluntariado jovem que mobiliza mentores de vários desportos, artes e atividades para orientar outros jovens (marginalizados) a encontrar uma forma de se exprimirem e intervirem positivamente na comunidade.
Projecto Transformers está desde outubro de 2013 em Coimbra (depois de ser implementado em Lisboa e no Porto) e apoia mais de 100 jovens do distrito (500 a nível nacional), através de atividades como música, teatro, dança, artes plásticas, graffiti, skate, basquetebol, downhill, judo, entre muitas outras.
Se quiseres fazer parte deste projecto ou saber mais informações envia e-mail para: coimbra@projectotransformers.org.
Se conheceres alguém que aches que gostaria, reencaminha-lhe pf este e-mail/post

O nosso site: www.projectotransformers.org
Página de facebook: https://www.facebook.com/projectotransformers
Grupo de facebook: https://www.facebook.com/groups/Transformers.Coimbra/

Tenho vergonha

Tenho muita vergonha de não saber até hoje que existiam Balneários Públicos e de ficar chocada com a solidão e a tristeza destas pessoas. Não me deveria chocar porque eu devia ver estas pessoas em vez de as aperceber invisíveis. Eu já devia saber isto. Se como eu não sabem e nunca viram, é seguir os links.
Esta Grande Reportagem sobre o Balneário de Alcântara é um murro no estômago e vale imenso a pena ver. Mesmo muito.
Podem ver nestes links:

Parte 1 – https://www.youtube.com/watch?v=EJyUzGZkEiM
Parte 2 – https://www.youtube.com/watch?v=6LYBwIbCkcM
Parte 3 – https://www.youtube.com/watch?v=KaefEn7VTWo

Não consigo encontrar a última parte, se alguém achar que me deixe na caixa dos comentários.
Muito agradecida.

Têm livros a mais?

Que tal doá-los pra ajudar a Catarina? A Patrícia está a movimentar malta pra oferecer livros que possam ser rifados ou leilados para ajudar a Catarina, uma menina pequenina com síndrome de Rett.
É uma espécie de autismo causada por uma deformação genética.
Eu vou oferecer uma caixa deles que tenho na casa de Lisboa, agora com o e-reader e a mudar de País como quem muda de camisa, não faz muito sentido andar a carregar com eles pra frente e pra trás.
Tenho a certeza que vocês também têm uma série deles que podem dispensar.
É por uma boa causa e a Patrícia é uma miúda muito séria, podem ter a certeza que os livros são entregues no sítio certo.
Se tiveres livros que possam doar, escrevam à Patrícia para o: patricia.ler.por.ai@gmail.com 
com o título e o autor dos livros.

A história completa aqui, no Ler por Aí: http://ler-por-ai.blogspot.nl/2013/08/ajudar-com-livros-fase-1.html

Bem-hajam e obrigada!!

É Natal, já compraste as prendas pra toda a gente e vais deixar a Mão Amiga fechar? Como te sentes?

COMUNICADOA Casa de Acolhimento Mão Amiga vem informar todos os seus amigos, colaboradores, voluntários e simpatizantes da situação delicada que enfrenta esta Associação.De forma inesperada foi posta em causa a sustentabilidade da Associação não nosparecendo viável e possível a curto prazo encontrar uma alternativa para financiar a continuidade do nosso trabalho e actividade.Este facto abrupto, que lamentamos, é alheio à nossa vontade e compreensão, e pode resultar no encerramento de um projecto de longa data e colocar um ponto final na história da nossa Instituição.Todos os dias durante a nossa actividade, foi feito um esforço e investimento de meios e pessoas foram dando o seu tempo, a sua dedicação e a sua imagem para um trabalho digno, honesto de protecção e cuidados especiais a crianças que nos foram confiadas, com o objectivo de lhes proporcionarmos um presente protector e um futuro promissor e mais risonho.Deste modo cumpre-nos desde já agradecer a todos os que colaboraram com esta causa, a todos os que estiveram presentes connosco ao longo dos anos, que muito fizeram para nos confirmar que a solidariedade existe.É difícil de aceitar que este projecto termine desta forma quando ainda tanto poderia ser feito e sabendo o quanto é necessária esta resposta social.Pela primeira vez em onze anos de existência concretizámos um projecto que em muito valida o nosso trabalho: a nossa Agenda 2013.Pelo exposto apelamos a todos os que nos quiserem apoiar e ajudar a assegurar os cuidados às 14 crianças acolhidas que adquiram a nossa Agenda personalizada por, no mínimo, 5 Mãos Amigas. Toda a ajuda é bemvinda. A Direcção

Eu sei que se nota que estou com TPM

Esta coisa do voluntariado nas prisões mexe-me com o sistema nervoso.
Tornar “leve” o jugo de quem cumpre pena de prisão não me parece coerente.
Eu sei que também há nas prisões gente inocente, mas não me estou a referir a esses.
Também não acredito que a miséria extrema leve as pessoas a cometer actos insanos e que como tal: coitadinhos. Coitados são as vítimas, não são os agressores.
O ser humano é dotado de consciência e racionalidade e não me venham cá com a história de que a sociedade é que os transtorna.
Eu acredito que há uns que nascem com mais faculdades intelectuais e outros com menos. Nas prisões há pessoas inteligentes e pessoas burras.
Um ser inteligente que está preso é com toda a certeza um ser perigoso. Porque não só sabia o que estava a fazer, como o fez por requintes de malvadez e falta de princípios e escrúpulos. E enquanto estou de acordo que seja possível incutir princípios e como tal minimizar este mal, já os escrúpulos é algo que também creio que nascemos com ou sem. Pode até ser hereditário, digo eu.
O certo é que o lema é tentar regenerar os nossos (de Portugal) presos através do voluntariado, coisa que eu acho ser a maior perda de tempo à face da história. Porque ninguém regenera ninguém.
E eles estão lá pra cumprir uma pena por actos agravados. Têm tempo livre que chegue para pensar no mal que causaram a outrém sem terem alguém a levar-lhes cigarros ou com quem conversar sobre o Pai, a Mãe, a filha e o filho. Até porque eles estão-se borrifando pros outros. O preso é o ser mais egoísta à face da terra.
A questão é que eu acho que eles não se sentem culpados e o que é pior, não acho que eles tenham sequer noção de que o que fizeram é incorrecto.
Porque há coisas que estão na natureza da pessoa. E eu acho que quem se dedica a actos criminosos nasceu com uma capacidade inata para o fazer. Quando levaram os seus “deveres profissionais” menos a sério, foram parar ao dito “xilindró”.
Eu faço voluntariado com os filhos dos presos. As minhas crianças tiveram ou têm os Pais presos porque lhes batiam, ou batiam na Mãe, ou os violaram, ou violavam outros, ou assaltaram casas, ou supermercados, ou carros. Nunca nenhum dos meus miúdos me disse: o meu Pai ou a minha Mãe era inocente.
Já conheci miúdos na Candeia que foram parar a reformatórios. Nenhum deles tinha cérebro, todos burros como portas.Tinham antecedentes de agressão, mas se a tal se devesse, então porque é que só um de 6 irmãos é que terá tornado criminoso?
Mas havia um inteligente. E esse tem requintes de malvadez. Toma uma medicação porque tem um problema do foro psicológico, mas desconheço qual. A única coisa que eu sei é que os olhos dele me dão medo desde o primeiro dia. Há dois anos continuava a fazer Candeia porque havia uma amiga nossa que acreditava que podia fazer a diferença, e até porque, com a medicação estava controlado. Depois do acampamento eu escrevi uma carta à Direcção da Candeia em que expliquei por A mais B, que havendo tanta criança a quem poderíamos fazer bem em lista de espera, porquê continuar acolher alguém que já sabíamos que o next stop ia ser a ver o sol aos quadradinhos?! É que pra mais o tipo deixou de ser um puto pra passar a ser um “armário” com 17 anos e com um “caparro” que não queiram saber. Se aquele gajo se passar da marmita, são precisos mais de 4 homens pro segurar. O sonho desse miúdo é ser preso. A sério. É ser preso pra ter um tecto e comida à borla, e poder fazer levantamento de pesos todos os dias. Violado? Se calhar viola em vez de ser violado. E quando sair da prisão? Sem medicação, sem estudos, vai fazer o quê? As senhoras e senhores do voluntariado de presos ensinar-lhe-ão quisás o que todos nós tentamos há 18 anos? Ah não! Dão-lhe amor!
Minha gente, a ver se nos entendemos: o amor tudo cura.
Mas gente sem coração não consegue receber ou dar amor.
Se está preso por algum motivo é, ou acha que é por falta de amor?
Lorpas.